segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Primeiro encontro dos Heróis da Zona da Mata - 1 9 7 8

Getúlio Machado, Welington, Deco, Botti, Zé Carlos e Maurício.
Anginho, Samaroni, Carlinhos, Zim Caeira e Paulo Afonso

Há exatos 37 anos, o Operário Futebol Clube conquistava o inédito título de Campeão da Zona da Mata. Competição organizada pela Liga de Futebol de São João Nepomuceno-MG (com apoio das Ligas de Além Paraíba, Leopoldina e Bicas), contou com a participação das seguintes equipes:  Independente F.C. e E.C. Operário de Além Paraíba;  Recreio E.C. de Recreio;  Volta Grande F.C. de Volta Grande; E.C.Ribeiro Junqueira e União E.C. de Leopoldina;  Leopoldina F.C. de Bicas; Botafogo F.C. e Operário F.c. de São João Nepomuceno. Na semifinal o Operário eliminou o Ribeiro Junqueira ( perdeu por 1x0 em Leopoldina; venceu em São João por 4x0 com quatro gols do atacante César de Rio Pomba e venceu a terceira e decisiva partida em Além Paraíba, campo neutro, por 1x0 gol de Samaroni ). O Leopoldina de Bicas foi o adversário da grande final. Primeiro jogo em Bicas empate em 2x2 ( dois gols do Lace para o Leopoldina e dois do Weber, atacante de Visconde do Rio Branco,  para o Operário ). No jogo de volta, campo do Botafogo, o Operário venceu pelo placar de 2x0. Anginho fez o primeiro e Weber deu números finais ao jogo.

Ouça os gols da última partida na narração de  Magela Soares Medina, nosso Geraldo Magela,  e, comentários de Joanílson Furtado Vale.
CLIC NO PLAY E VOLTE NO TEMPO!!!

E neste dia 18 de janeiro de 2015, o Casarão do Deco foi palco para o primeiro encontro, depois de 37 anos da conquista, dos heróis daquele certame. Lá estavam:  Botti, Samaroni, Weber, Deco, Anginho, Zim Caeira, Welington Itaborahy, Mauricio Bruneu, Aílton Magalhães, Carlinhos "Mário Kemps", Paulo Afonso Pimentel e Zé Carlos Santiago. Somente o César não pode comparecer.
Foi emocionante! A cada chegada de um campeão, uma explosão de alegria, abraços, choro, fotos... Cada um querendo contar um caso; falar do momento que marcou na competição. O jogo mais difícil, o gol mais bonito e as defesas espetaculares do Welington...
O Operário foi muito bem representado pelo diretor/torcedor Getúlio Machado que levou a bandeira do Clube e as camisas para foto histórica.
Não podemos deixar de registrar a presença do goleador Lace do Leopoldina de Bicas. Talvez, o atacante que mais trabalho deu a defensiva alviverde. Isto mostra o espírito esportivo. Naquele tempo, “inimigos mortais” dentro de campo. Hoje, amigos inseparáveis fora dele, como é o caso do Deco e o Lace.
A confraternização começou às 09 horas e só terminou ao anoitecer. Os organizadores ofereceram um delicioso almoço com refrigerante e muita cerveja gelada.
A festa terminou com a promessa de novo encontro o mais breve possível.
No vídeo abaixo, entrevista do artilheiro Weber, mais um papo descontraído entre Botti, Lace e Deco, tendo Fernando de Lélis como “mediador” e os depoimentos emocionados de alguns jogadores como Botti, Samaroni, Deco, Anginho e Mauríco Bruneu.
ASSISTA.

                  
Mais registros:
Clic na foto para ampliar
Não dei conta de nomear todas as fotos. Mas, identificarei algumas.

 Zé Carlos, Botti, Welington e Deco.


 Momento histórico: reencontro de Botti e Lace. Os dois foram expulsos no início do jogo final.

 Paulo Afonso, Deco, Botti e Zim Caeira. E o Pai do Anderson.

 Botti, Aílton Magalhães e Deco.

 Zé Carlos, Botti, Welington, Deco.
Anginho e Samaroni.



 Zé Carlos, Anginho e Sr.Wilson Pai do Lace.

 Maurício, Anginho e Botti.

 Zé Carlos e Carlinhos"Mário Kemps".


 Getúlio Machado, Samaroni, Anginho e Botti.









 Momento de grande emoção foi a chegada do Weber.

 Braz"canguru"Fernandes, Samaroni, Weber, Anginho e Deco.




 Botti mostrando a Weber a foto do time que jogou a grande final.


 Weber concedendo entrevista a Fernando de Lélis-Rádio Difusora.



 O abraço emocionado de Botti e Weber.


 Weber se preparando para tirar a foto histórica.


 Fizeram outra foto após a chegada do Weber.

 Weber e o carinho com os torcedores.


 Troféu de Campeão da Zona da Mata.

Parabéns a todos os envolvidos neste emocionante e histórico encontro. Fica aqui o nosso eterno agradecimento a vocês que honraram a camisa gloriosa do Verdão do Bairro São José. Por compromisso que não pode adiar, somente o César de Rio Pomba não esteve presente. O restante dos ausentes estão do lado direito do Pai, em outro plano espiritual.

Abaixo. a foto de todo o elenco campeão da Zona da Mata 1978.
Clic na foto para ampliar
+Netinho soares(técnico), +Arnô Rodrigues e Luís Parreira(diretores), +Frankilin, Tizil(não jogou o campeonato), Paulo Afonso, Maurício, Aílton, Deco, Anginho, Botti, Elísio(não jogou o campeonato), +Ademir e Welington.
Samaroni, +Bolotinha, +Jorge Bengó, +Giggio, Zin Caeira, Zé Carlos, Carlinhos, César e +Gasolina(massagista). O mascote é Weber Martins, o Webinho filho do Carlos Mauro.

Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser!

Um comentário:

  1. Parabéns meu grande amigo Nei Medina, pelo seu trabalho e por você ser um ótimo jornalista.Obrigado pelas fotos são muitas emoções um abraço de seu amigo Anjinho Rigolon

    ResponderExcluir