terça-feira, 1 de janeiro de 2013

RETROSPECTIVA - de 1938 a 2000

Em 1938 Heleno de Freitas estava no Tricolor das Laranjeiras ao lado do artilheiro "Preguinho"( primeiro jogador brasileiro a marcar gol em Copa do Mundo ).
Em 1944 Renê Mendonça conquistaria o Tri Campeonato amador pelo Botafogo 42, 43 e 1944. Anos depois, tornou-se médico do próprio Botafogo nas décadas de 50, 60 e 1970.
Em 1945 temos um momento histórico para São João Nepomuceno no mundo esportivo. No campeonato Carioca de 1945 Renê e Heleno titulares da equipe do Glorioso Botafogo.
                                           Negrinhão, Laranjeiras, Sarno, Ari, Spinelli e Ivan
                              Agachados: Renê Mendonça, Tovar, Heleno de Freitas, Tim e Franquito.

Em 1956, Alírio Guazi "Bassu" fez parte de um timaço do Fluminense Futebol Clube, o Tricolor da Laranjeiras.
                                             Clovis, Vitor, Lafayete, Duque, Castilho e Bassu
                                         Agachados:  Telê Santana, Didi, Atis,Valdo e Escurinho.

Início dos anos 60 foi a vez de Helenize de Freitas. A nossa Belê, como é carinhosamente chamada pelos amigos, teve destaque na Seleção Brasileira Feminina de Volei onde, além de capitã, disputou os Pan Americanos de 67, 71 e 1975.
                                  Na foto acima Helenize fazendo a cobertura de ataque da Gegê.

Em 1971, Francisco de Assis Mendonça, o Piorra, com apenas 20 anos, também entraria para a história do Villa Nova de Nova Lima ao conquistar o 1º campeonato Brasileiro da Série B.
                           Arésio, Zé Borges, Bráulio, Daniel, Cassetete e Mário Lourenço;
                           Agachados: Jésum, Paulinho Cai-Cai, Eduardo Perrela, Piorra e Dias.

Simão Pedro Saturnino da Silva, o filho do Neca, também teve uma carreira brilhante. Em 1980, depois de uma rápida passagem pelo Flamengo-RJ, Simão foi jogar na Venezuela. E foi no Estudiantes de Mérida que Simão mais se destacou. Na foto abaixo Simão titular do time campeão Nacional. Por seu desempenho nesta competição ganhou o apelido de "El Diablo Saturnino".




Em 1985 Wellington Tavares Fajardo, Etinho ganhou o troféu Guará. Título concedido aos melhores da posição. Na oportunidade, Etinho superou os já consagrados João Leite do Atléitco Mineiro e Luís Antônio do Cruzeiro.
                     América-MG  Wellington, Waner, Luís Carlos, Humberto, Lúcio e Jorge Luís.
                    Agachados:  Adilson, Zezinho, Paulinho, Luís Carlos Gaúcho e Augusto.

Ao lado do Etinho, o nosso Adil foi campeão Mineiro em 1987. Mas Adil atingiu o ponto mais alto de sua carreira ao defender as cores do Esporte Clube Corinthians Paulista em 92/93.
                                            1993 - Marcelo, Gino, Baré, Biro e Ronaldo.
                                Agachados: Fabinho, Marques, Neto,Tupãzinho, ADIL e Ezequiel.

Meu "compadre" Zé Luís que estará está semana no Jornal o Sul da Mata também fez sucesso no Brasil e no Exterior. Um momento marcante foi disputar a Taça Libertadores da América pelo Deportivo Itália da Venezuela.
Marco Aurélio AYUPE foi campeão brasileiro em 1989 pelo Vasco da Gama; campeão da Copa do Brasil em 1994 com o Grêmio; Campeão Paulista em 1997 defendendo o Esporte Clube Corinthians Paulista...
                                           Danrlei, Pingo, Aguinaldo, Roger, AYUPE  e Paulão.
                   Agachados: Fabinho, Nildo, Jamir, Carlos Miguel e Emerson. Técnico Felipão.

Na próxima atualização deste modesto blog destacaremos os atletas da atualidade como Stéfano do Fluminense e Pablo do Figueirense.

Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser.





0 comentários:

POSTAR UM COMENTÁRIO

Postar um comentário