domingo, 30 de setembro de 2012

XI Copa Heleno de Freitas: Centenário perde muitos gols mas vence.


Vagner autor do primeiro gol do Centenário

Mesmo concorrendo com o campeonato brasileiro, um bom público compareceu no campo do Mangueira, para prestigiar Centenário e Pequeriense na primeira partida da grande final.

E o Centenário voltou a abusar do direito de perder gols. Está certo que se perdeu é porque também criou as oportunidades, mas em jogo decisivo não se pode errar. A equipe de São João dominou toda a primeira etapa não dando chance para o Pequeriense mas só conseguiu abrir o marcador aos 44 minutos do primeiro tempo através do artilheiro Vagner(vídeo abaixo).

Na segunda etapa o Pequeriense voltou melhor e criou algumas chances. Numa delas o zagueiro Didi fez ótima jogada pelo meio da área e chutou cruzado; a bola passou pelo goleiro Fábio mas não pelo atacante Matheus e só teve o trabalho de empurrar para o fundo da rede. Era o gol de empate.

A esta altura o Pequeriense estava melhor e poderia ter virado o jogo. A partir dos 30 minutos o Centenário exerceu enorme pressão pra cima do adversário e Vagner finalizou 3 vezes com muito perigo. Teve até um pênalti, em cima do Vagner, não marcado pela arbitragem.
Mas nos acréscimos, aos 50 minutos, Juninho PC que havia entrado no lugar de Robson”cotoco”, apareceu pelo lado direito de ataque do Centenário e dentro da área chutou de pé direito, num chute cruzado, no canto direito de Negretti que nada pode fazer. Centenário 2x1.

O Pequeriense ainda teve chance de empatar mas ficou nisso. Final Centenário 2x1 Pequeriense.
 

Com arbitragem de André Vieira(Mirai), auxiliado por Amarildo Macedo de Lima(Leopoldina) e Rui de Almeida(Cataguases), muito criticada pelos dois lados, o Centenário venceu com Fábio; Diego”farinha”, Diego”papito”, Júnior Gielo e Diego”torrada”; Vinícius(Álvaro), Emiliano, Marcos Vinícius e Robson(Juninho PC); Michel Lima(Odair) e Vagner(Sandro). Técnico Sassá(interino)
 
Pequeriense: Negretti no gol; Diogo, Né, Didi e Thiago; Rodrigo, Bruno, Marquinho e Bodega(Reidner); Rufino e Matheus. Técnico: Paulo Henrique.
 
Próxima partida, jogo de volta, será no próximo domingo, às 14 horas, em Pequeri.

Amarildo Macedo Lima, André Vieira e Rui de Almeida

Juninho PC autor do gol da vitoria

Matheus autor do gol de empate

Paulo Henrique, Diogo, Marquinho, Bruno, Rodrigo e Negretti. Agach. Didi, Bodega, Né, Rufino, Dingo e Thiago.
 
Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser!

2 comentários:

  1. Caro Ney medina ,estive em sjn neste domingo e queria saber de onde são os jogadores vinicius e cotoco do centenário ,obrigado !

    ResponderExcluir