quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

HELENIZE DE FREITAS, ORGULHO DO ESPORTE BRASILEIRO!

Realmente, nossa cidade é rica de talentos. Mais um exemplo de competência e sucesso é Helenize Henriques de Freitas, a BELÊ, que iniciou sua vitoriosa carreira no vôlei jogando pelo Mangueira F.C.
A convocação para Seleção Mineira Juvenil não demorou muito, onde sua participação despertou o interesse dos grandes clubes da capital.
Minas Tênis Clube de Belo Horizonte foi o seu primeiro destino, permanecendo um ano nesta equipe. Na seqüência a convocação para a Seleção Mineira Adulta. Entre 1967 e 1970 defendeu o Mackenzie de Belo Horizonte. Neste período já fazia parte do seleto grupo de atletas que defendiam a Seleção Brasileira de Vôlei Feminino, onde, por muitos anos, foi a capitã da equipe.
Na foto acima, Helenize observa o ataque de Gegê(9).

Belê, carinhosamente chamada pelos amigos e amigas de times e seleções, por diversas vezes foi eleita a melhor jogadora em competições como: campeonatos brasileiros, estaduais e sul-americanos.

Filha de uma família onde o talento esportivo imperava, pois é sobrinha do “craque galã” Heleno de Freitas e prima do ex-jogador de vôlei Bebeto de Freitas, representou o Brasil em três edições dos jogos Pan-Americanos.
Pan-Americano – 1967 – Winnipeg – Canadá
Técnicos – Geraldo Faggiano e Hélcio Nunan Macedo
Classificação: quarto lugar
Elenco: Cleide Pereira, Marlene Djinishian, Arlena Figuerova Hunka, Denise Ferraresi, Helenize Henrique de Freitas, Yara Maria Miranda Ribas, Leonésia Cardoso Soares, Nessy Albes, Valmi Volpe e Heliane Lobo Artiaga

Jogos Pan-Americanos – 1971 – Cali – Colômbia
Técnico – Celso de Carvalho Bandeira
Classificação: quarto lugar
Elenco: Cássia Regina Montanarini, Eliana Maria Nagib Aleixo, Maria Imaculada Junqueira Barbosa, Helenize Henrique de Freitas, Silvia Regina Montanarini, Arlena Figuerova Hunka, Irene Tavares Gasparini, Myriam de Queiroz Telles, Cleide Pereira, Célia Regina de Oliveira Garritano, Maria Aparecida Rondino e Sonia Maria Giacomini

Jogos Pan-Americanos – 1975 – México
Técnico – Edinilton José de V. Aquino (feminino Assistente técnico – Ênio de Figueiredo Silva
Classificação: quinto lugar
Elenco: Fátima Maria Mendes Pinto, Denise Porto Mattioli, Helenize Henrique de Freitas, Sônia Maria Costa de Faria, Cássia Regina Montanarini, Silvia Regina Montanarini, Maria Angélica Beraldo, Maria Helena Decoussau, Fernanda Emerich da Silva Rejane, Maria Dantas Maia, Nara Tenório de Souza e Deyse Lima Coelho.
Da esquerda para direita estão: Nara Tenório, HELENIZE (Belê), Fátima Pinto, Fernanda Emerick, Gegê, Ednilton.
Abaixo: Cássia Montanarine, Maria Helena Decousou, Silivia Montanarine, Soninha, Rejane Maia, Deyse Coelho.

Em entrevista concedida ao meu amigo Geraldo Rabello, em fevereiro de 2002, Helenize relatou alguns fatos marcantes em sua brilhante carreira, como a vitória sobre a seleção de Cuba, em Moscou, quando após vencer o jogo, se jogou ao chão e chorou compulsivamente; e também em outra vitória, agora num sul-americano em Caracas na Venezuela, quando venceu a seleção do Peru, outro rival que depois venceu nove vezes seguida esta competição.
Na oportunidade, Helenize deixou uma mensagem aos jovens, que reproduziremos nesta edição:
“ O esporte ensina tudo, porque nos ensina a perder com dignidade e a buscar a vitória com toda garra”.

Hoje, residindo em São João Nepomuceno-MG, Helenize curte os amigos e mantém a forma disputando alguns torneios de máster pelo Brasil, como o realizado no Rio Grande do Norte onde defendeu a equipe do Mackenzie (foto acima). Também, está se dedicando a natação, onde ao lado de sua irmã, a campeoníssima Herilene, vem colecionando títulos e medalhas.

HELENIZE DE FREITAS, A BELÊ, É MAIS UM TALENTO DE NOSSA TERRA.

Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser!

Um comentário:

  1. sou apaixonado por volei e helenize sempre me encantou com um volei de alta qualidade, apesar da sua baixa estatura . ainda hoje nao esqueço a final do brasileiro de 1968 onde , apesar de todo voleibol jogado pela helenize, sao paulo foi campeao .agradeço a ela o meu amor pelo volei. paulo darce recife.

    ResponderExcluir