sexta-feira, 26 de agosto de 2011

WELLINGTON TAVARES FAJARDO

Wellington Tavares Fajardo (Etinho), é filho de +Welington Miranda Fajardo (o Guarda) e Marilis Tavares Fajardo. Casado com Ivelise Henriques Fajardo e pai de Vitor e Lucas Henriques Tavares Fajardo. Natural de Leopoldina-MG, mas passou sua infância aqui em São João Nepomuceno onde jogou nas categorias de base do Botafogo e Mangueira.

Iniciou sua vitoriosa carreira nas categorias de base do América Mineiro, em março de 1978. Ainda no América, profissionalizou-se em março de 1981 onde ficou até junho de 1986. No América, em 1985, foi considerado o melhor goleiro de Minas Gerais. Como prêmio recebeu o tradicional Troféu Guará concedido aos melhores da posição. Na oportunidade superou os goleiros João Leite do Atlético Mineiro e Luís Antônio do Cruzeiro.

1983 – América-MG de pé: Wellington, Waner, Luís Carlos, Humberto, Lúcio e Jorge Luís.
Agachados: Adilson, Zezinho, Paulinho, Luís Carlos Gaúcho e Augusto

Transferiu-se para o Cruzeiro Esporte Clube em Junho de 1986, onde jogou 80 partidas pelo clube celeste. É o 15º goleiro entre os 90 goleiros da história do clube que mais jogou com a camisa do Cruzeiro. Sendo campeão mineiro de 1987, vice-campeão da 1ª Supercopa da Libertadores da América em 1988, e campeão de vários torneios na Europa, como, por exemplo, Torneio cidade de Pamplona, Torneio cidade de Alicante, Torneio cidade de Madri - vencendo o Atlético de Madri na final por 2 a 1, isso em agosto de 1986.
1987 – de pé: Ademar, Balu, João Batista, Geraldão, Wellington e Andrade.
Agachados: Robson, Douglas, Eduardo, Ernani e Edson

NO BLOG DE HOJE, DOIS VÍDEOS COM GRANDES DEFESAS DO GOLEIRÃO WELLINGTON. ABAIXO, O 1º VÍDEO.

Narração de +Fernando Sasso e Luciano do Valle.

Em setembro de 1989 transferiu-se para a equipe do Vila Nova de Goiás, em 1990 defendeu a equipe do São José, de São José dos Campos (SP), em 1991 defendeu a equipe do América, de São José do Rio Preto (SP), e outras equipes do futebol brasileiro até encerrar a carreira em 1995.
Iniciou sua carreira de Técnico de Futebol em 1997 nas categorias de base do Villa Nova de Nova Lima (MG), em 2000 foi auxiliar técnico da seleção sub-20 do Qatar. Teve sua primeira experiência numa equipe profissional, no Tupi de Juiz de Fora, onde trabalhou nos anos de 2001 2002, 2003 e 2008. Trabalhou também nas equipes da Francana (SP) em 2001, Sobradinho (DF) em 2002, Uberlândia (MG) em 2003, Democrata GV (MG) em 2004 e 2006. Welington é graduado em Educação Física pela Faculdade Salgado de Oliveira.
Informações extraídas do livro “O último homem da defesa” de Antônio Carlos Teixeira Rocha.

Como técnico, Wellington é reconhecido por marcas históricas como ter dado o título mais importate da história de 96 anos do Tupy Football Club (Campeão da Taça Minas Gerais 2008) e ter a maior série invicta do Tupy Football Club de 23 partidas entre 2001 e 2002.

Sem falar que como técnico do Uberlândia Esporte Clube, nas 29 partidas, Welington Fajardo jamais perdeu em casa.


Em 2008, campeão da Taça Minas Gerais, primeiro título do Tupi a nível estadual em 96 anos de história, classificando-o para a Copa do Brasil 2009. Campeonato Mineiro 2009, assumiu o Uberlândia na lanterna do campeonato e conseguiu livra-lo do rebaixamento.
Fonte: grade área – futebol interior

Etinho e a conquista inédita.


2º VÍDEO COM IMPORTANTES DEFESAS DO GOLEIRO WELLINGTON



Curiosidades...
Lembro-me como se fosse hoje... Início dos anos 80, Etinho estava em São João e, mesmo de férias, preocupava-se com a forma física treinando no “saudoso” campo do Botafogo ou em Roça Grande defendendo os potentes chutes do Zeca (Zeca Móveis).

Bem... No centro da cidade, encontrei com Etinho que convidou-me para irmos a Roça Grande onde pudesse treinar, pois, sabia que o Zeca era um dos melhores finalizadores da região(jogou nos juniores do Botafogo-RJ e no time principal da Desportiva-ES) e o trabalho de bola com o “filho do Laluce”, lhe proporcionaria um aperfeiçoamento de seus fundamentos. Na época, eu defendia o time do Alvorada no campeonato da 2ª divisão organizado pela Liga de Futebol de São João Nepomuceno. Em resumo, aproveitei e também dei meus “chutinhos”, mas ao final do treinamento, ganhei duas bolhas, uma em cada tornozelo, impossibilitando –me de jogar a final da segundona.

Como aos 17 anos de idade eu já era fã do Etinho, DE CORAÇÃO, mais valeu treinar com o goleirão ao disputar a final daquele certame. Ah, o Alvorada foi o grande campeão.

ACESSE: www.sjonline.com.br e leia a coluna de esportes NO GIRO DA BOLA com Nei Medina.

Até a próxima se Deus quiser!

7 comentários:

  1. Jane Werneck Ladeira Reche27 de agosto de 2011 14:17

    Parabéns Sr. Nei Medina pela homenagem ao "Etinho". Como prima me orgulho de seu profissionalismo e de fazer parte de sua família.
    Obrigada
    Jane

    ResponderExcluir
  2. Oi Jane! Nós Sãojoanense é que agradecemos ao Etinho por levar e elevar o nome de nossa cidade por onde passou.
    Aproveito para agradecer-lhe a visita a este modesto blog.
    Nei Medina.

    ResponderExcluir
  3. Welington era um baita goleiro! Sou fã até hoje. Abraços a todos! Dudu Monsanto

    ResponderExcluir
  4. Parabens pela materia,era jornaleiro na Banca de seu Zé Mendonça que funcionava ao lado da Sapataria Mineira por volta de 76/77 e Etinho comprava na minha mão todos os dias o Jornal dos Sports (na Rua Nova), e naquela época ele já falava em jogar profissionalmente, era goleiro do MANGUEIRA e assim sonhava.

    Cezar

    Salinas

    ResponderExcluir
  5. Valeu Cezar!
    Obrigado pelas palavras de incentivo e, também, pela visita. Volte sempre!
    Nei Medina.

    ResponderExcluir
  6. Meu nome é Bruno Caffaro, sou primo do jogador Lucio que jogou pelo America na decada de 80. Ele ganhou o trofeu guara em 81( primeiro jogador do America - MG a ganhar referido trofeu ). Não encontrei nada a respeito, nem no proprio site do America. Ganhou o Gol do fantastico no jogo AmericaxUberaba no ano de 80 ou 81. Onde está a memoria do Coelho? Aguardo retorno. Obrigado! caffarobruno@hotmail.com

    ResponderExcluir
  7. Olá Bruno! Muito grato por acessar o blog e deixar seu comentário. O objetivo deste blog é o resgate da memória esportiva, portanto, estou destacando o ex goleiro Welington porque tenho material e sou conterraneo dele. Infelizmente não tenho acesso aos arquivos do América.
    Parabéns ao Lúcio por fazer parte do seleto grupo de jogadores que tiveram seus gols destacados no Fantástico.
    Abraço.

    ResponderExcluir