terça-feira, 2 de agosto de 2011

DR. RENÊ DE MENDONÇA


Enquanto lê a matéria, clique no play e ouça o HINO NACIONAL DO FUTEBOL.



“No mundo existem três lugares maravilhosos: Paris à noite, Rio de Janeiro, zona sul, de dia e São João Nepomuceno de dia e de noite”.
Dr. Renê Mendonça.

Na 1ª foto que ilustra este blog, vemos: Dr. Renê, o artilheiro Amarildo e João “sem medo” Saldanha. Em outras oportunidades falamos sobre o saudoso Dr. Renê de Mendonça que no dia 1º de janeiro de 1921 nasceu em São João Nepomuceno. Era filho de Alda Henriques de Mendonça e Horácio Furtado de Mendonça. Sr. Horácio foi um dos fundadores do Botafogo F.C de São João Nepomuceno e a praça de esportes do clube leva o seu nome.

Até os 12 anos de idade viveu em São João, depois se mudou para Juiz de Fora onde estudou no Colégio Grambery. Na cidade Maravilhosa formou-se Medicina. Jogando futebol amador, foi tri-campeão carioca pelo Botafogo (42, 43 e 1944).

Em 1942, para ser campeão carioca, o Botafogo disputou 34 partidas, sendo que, Dr. Renê jogou 31 delas marcando 43 gols dos 227 assinalados pelo Botafogo.
O time campeão, Nei no gol, Mato Grosso e Dunga; Rui, Hélio e Cid; Oto, Armando, Augusto, Tovar e Renê.

No bi-campeonato em 1943 ocorreram 18 jogos. Dr. Renê participou de 16 e assinalou 6 dos 62 gols marcados.
O time bi-campeão jogou com Boliviano, Alfredo e Dunga; Rui, Hélio e Cid; J.Américo, Tovar, Augusto, Otávio e Renê.

E o tri-campeonato veio em 1944 com 18 jogos. Dr. Renê colaborou em 7 partidas e marcou 13 dos 109 gols do Botafogo.
Boliviano no gol, Alfredo e Dunga; Rui, Hélio e Cid, Afonsinho, Tovar, Gute, Otávio e Renê.
Tri-campeão em 1944

***** Como podemos observar, Dr. Renê foi titular nas três conquistas do time da estrela solitária, e a formação era no 1-2-3-5.
Dr. Renê foi considerado o melhor ponteiro esquerdo do futebol carioca nos anos de 42, 43 e 44. Defendeu o Botafogo em diversos jogos pela América do Sul.


Diplomou-se em Medicina pela antiga Escola de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro, na turma de 1947. Foi médico do futebol do clube alvinegro nas décadas de 50, 60 e 70. No final dos anos 70, tive a honra de ser examinado por ele, onde acusou diagnóstico, exato, do meu problema.

Outra vez ao lado de João Saldamha, agora defendendo o Glorioso Botafogo. O menisco do joelho esquerdo ( o mesmo que encerrou precocemente), é o mesmo que na foto abaixo dificulta seu posicionamento.


Abaixo, uma foto histórica para São João Nepomuceno. O ano é 1945, Dr. Renê figurando entre os jogadores profissionais do Botafogo na disputa do campeonato carioca.
De pé da esquerda para direita, Negrinhão, Laranjeiras, Sarno, Ari, Spinelli e Ivan. Agachados da esquerda para direita estão: Dr. Renê, Tovar, Dr. Heleno de Freitas, Elba de Pádua Lima “Tim” e Franquito.


Renê, Tovar, Heleno, Tim e Franquito.

Agradeço a Roseanne de Mendonça, filha do Dr. Renê, que gentilmente cedeu as fotos de seu arquivo pessoal.

Acesse: www.sjonline.com.br e leia a coluna de esportes NO GIRO DA BOLA com nei Medina.

Até a próxima se Deus quiser.

0 comentários:

POSTAR UM COMENTÁRIO

Postar um comentário