sábado, 17 de julho de 2010

BOTAFOGO, PARA COM ISSO!



Como a foto que ilustra este blog, uma verdadeira cachorrada.
Nesta quarta-feira, dia 14 de julho, até o rubro-negro mais otimista não acreditava que o flamengo pudesse vencer o Botafogo; visto que, o time da Gávea estava bastante desfigurado, sem o goleiro Bruno e os atacantes Adriano e Vágner Love.
Na verdade, era um jogo para afundar de vez a barca rubro-negra, mas como dizia meu saudoso Pai "se fosse o contrário - eles bem e agente mal - eles metiam uma goleada e a vaca ia pro brejo com bezerro e tudo. Infelizmente o Botafogo não consegui fazer isso. Pagou um micão ao perder para um time, psicologicamente, destroçado depois dos últimos acontecimentos, além de esvasiar o Engenhão, domingo, para o difícl compromisso contra o Guarani-SP.

Fica o alerta. Hoje, com o futebol nivelado por baixo, tecnicamente, é inadmissível um time jogar com menos três atletas. Joel Santana insiste em prestigiar jogadores como o Alessandro, um jogador que desconhece o princípio básico do futebol que o é passe. Não consegue guardar posição, portanto não sabe marcar (80% dos gols sofridos saem pelo lado direito de defesa do Botafogo), além de não conseguir acertar um ÚNICO cruzamento. Somália ou Jean Carlos, um dos dois pode substitu-i-lo; o Fahel que joga um futebol medíocre, limitando-se a tocar bola para o lado ou para trás. O Welington Júnior, recém saído das categorias de base e titular da Seleção Brasileira sub-20, seria a solução nesta posição. E o Lúcio Flávio que desde o retorno do Santos não conseguiu jogar bem. Todo time precisa de um meia de ligação que, no mínimo, pegue a bola, passe por um ou dois adversários e coloque o atacante em condições de marcar o gol. Observem que o D’Alessandro, Conca, Paulo Henrique Ganso, Carlos Alberto, Petkovic, Diego Souza ... São jogadores que fazem isso, portanto suas equipes se destacam; ao contrário do Lúcio Flávio que só dribla para os lados ou para trás. O Maicossuel resolverá este problema. Cuidado, porque o torcedor não suportará dose dupla de série B.

Até a próxima.

Um comentário:

  1. O CAMPEONATO REALMENTE ESTÁ NIVELADO POR BAIXO.E MUITO IMPREVISIVEL TBEM. VEJA O CASO DO FLUZÃO . CRIOU UMA EXPECTATIVA QUARTA PELA LIDERANÇA E EMPATOU COM O PRUDENTE. PARECIA PERDIDO COM O SANTOS E SAPECOU O PEIXE.
    COISA DO FUTEBOL .

    ABRAÇOS DO AMIGO KADU E PARABENS PELO BELO BLOG .

    ResponderExcluir