domingo, 17 de maio de 2015

XV DE MAIO e CENTENÁRIO EMPATAM NO PRIMEIRO JOGO DA DECISÃO.

Kerlei e Sorriso. artilheiros da partida.

No jogo de ida da decisão da 3ª Copa José Jorge Ayupe Tamioso de Futebol Máster, o XV de Maio de Descoberto fez uma boa apresentação mas não conseguiu se valer do mando de campo e só empatou com o Tricolor do bairro Centenário de São João Nepomuceno, em partida bastante movimentada na manhã deste domingo(17).
Como você poderá observar no vídeo abaixo, logo aos 11 minutos, Cascão marcou após cobrança de falta mas o árbitro invalidou o lance. Detalhe: nem o Cascão, nem seus companheiros, observaram que o juiz estava com o braço erguido, indicando que era cobrança  em dois lances.
Em seguida, aos 14 minutos, Sorriso em posição irregular marcou. O auxiliar Aderli Ferreira, bem colocado, assinalou o impedimento. Até os 20 minutos da primeira etapa o Centenário estava melhor no jogo. Em contra ataque pela direita, Fabiano tocou para Emílio que dividiu com o zagueiro Beto. A bola sobrou para o artilheiro Sorriso que não perdoou. Centenário 1x0.
A partir do gol do Centenário o XV de Maio resolveu jogar. Wilian cobra escanteio na cabeça de Muchacho com a bola explodindo no travessão e, em seguida, Carlos jogou para novo escanteio.
A pressão continuou. Aos 33, Cadanha sofre pênalti. Ele mesmo cobra para ótima defesa de Carlos. O goleiro do Tricolor tocou na bola com as pontas dos dedos e ainda contou com a ajuda da trave. Final da primeira etapa XV de Maio 0x1 Centenário.
Veio o segundo tempo e o time da casa queria o empate a qualquer custo. Mas foi o visitante que voltou a assustar.  Aos 9 minutos, o zagueiro João Batista bate falta para boa defesa de do goleiro “Cachorrinho”.  Aos 18, foi a vez de Cássio”bililiu” cobrar ótima falta obrigando ao excelente goleiro Carlos jogar a bola para escanteio. Aos 26, quem quase marcou foi o Centenário. Emílio escorou cruzamento de Fabiano e cabeceou no cano direito do goleiro. A bola, caprichosamente, bateu na trave.
Justiça seja feita. Aos 39 minutos, Marquinhos Souza, que entrara no lugar de Muchacho, fez ótima jogada pela esquerda e cruzou para Kerlei marcar. Era o empate do XV de Maio. Final XV de Maio 1x1 Centenário.
ASSISTA:

                              

Com boa arbitragem de Hélvio Carlos Sipião, auxiliado por Felipe Simões e Aderli Ferreira, o XV de Maio jogou com “Cachorrinho” no gol; Cascão(Júlio César), Marcelo”Bilu”, Beto e Willian; Rachid, Muchacho(Marquinho Souza), Júnior(Lúcio) e Geovani(Cássio); Kerlei(Luciano) e Cadanha. Técnico: Paulo Vítor
Centenário jogou com Carlos; Ituí, João Batista, “Sá Onça” e Véi; Sandro, Eduardo(Maurício), Edmar e Fabiano; Emílio(Paulinho) e Sorriso. Técnico: Dé.
A princípio, o jogo de volta acontecerá no próximo domingo(24), às 10 horas no campo do Mangueira.
Mais registros:
 XV de MAIO de DESCOBERTO

 FELIPE SIMÕES, HÉLVIO CARLOS SIPIÃO E ADERLI FERREIRA.

 CENTENÁRIO

CARLOS


Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser!

sábado, 2 de maio de 2015

HIAGO FEZ A DIFERENÇA!

São João Nepomuceno entrou na fase de “mata mata” da Copa Zona da Mata de Futebol Regional e, de cara, enfrentou uma pedreira. A excelente equipe de Matias Barbosa, comandada pelo técnico Argemiro, veio a São João Nepomuceno com o objetivo de vitória. Além do atacante Joãozinho, artilheiro da competição, Matias trouxe o ótimo goleiro Jonas, os zagueiros Rafael e Tica, os meias Arilson e Danilo e , também, o atacante Vinícius. Mas, nosso representante,  muito bem preparado pelos competentes Marco Aurélio Ayupe e José Luiz de Pinho, veio a campo buscando provar que pode chegar mais longe. Inspirados pela presença do meia Hiago, os atletas de São João procuraram se impor durante os 90 minutos.
O jogo
Com uma formação que buscou o gol adversário durante todo o tempo, foi normal ver  São João exposto as jogadas de contra ataque. Logo aos 7 minutos, Béia escapou pela direita e acionou Vinícius. Este cruzou para Joãozinho que por muito pouco não abriu o marcador para os visitantes.
São João respondeu aos 11 minutos com Odair cobrando escanteio para finalização de Léo Almeida. Jonas, bem colocado, fez a defesa.
Aos 17, Michael”robô” cobrou falta com violência. A bola “tirou tinta” no ângulo direito de Jonas que voou em cima do lance.
A esta altura da partida Matias se apresentava com mais posse de bola, mas as jogadas de perigo aconteciam pelo lado dos anfitriões. Aos 21 minutos, Hiago, em mais uma arrancada pela esquerda, jogada característica deste atleta, passou em velocidade pelo lateral Béia, deu um corte seco no zagueiro Tica e da entrada da área, de pé direito, colocou no canto direito do goleiro Jonas que voou mas não conseguiu evitar o gol.
Antes do final da primeira etapa, Matias teve uma boa oportunidade em cobrança de falta. Loran bate da esquerda para boa defesa de Mário Júnior.
Veio a segunda etapa e Matias queria o empate.  Aos 03 minutos, Arilson roubou bola em sua intermediária e arrancou até a entrada da área adversária e finalizou para mais uma boa defesa de Mário Júnior.
Aos 17 minutos o primeiro lance polêmico. Béia, em mais um apoio pela direita, centra da risca da grande área. Joãozinho sobe livre e empata o jogo. O auxiliar Welington Júnior invalida o lance. Na posição que eu me encontrava, ficou impossível dizer se estava ou não impedido. Lance muito rápido que somente o auxiliar poderia marcar.
Neste momento da partida a equipe de Matias Barbosa pressionava em busca do gol de empate. Aos 23, Danilo cobra falta da entrada da área para boa defesa de Mário Júnior.
Tentando de qualquer jeito o empate, o técnico Argemiro promoveu as entradas de Evandro,  Fábio, Paulo Henrique e Ítalo Dias nos lugares de Raniel, Pedro Paulo, Danilo e Loran, respectivamente. O “abafa” continuou, e, aos 29 minutos Joãozinho marca novamente. Desta vez o auxiliar Welington Júnior marcou saída de bola antes do cruzamento de Vinícius. Na sequência, não conformado com a anulação da jogada, Joãozinho foi expulso por reclamação.
Final, São João 1x0 Matias Barbosa. O jogo de volta será em Juiz de Fora no próximo final de semana.
Ficha do técnica:
Com boa arbitragem de Leonardo de Castro da Federação do Estado do Rio de Janeiro, auxiliado por Azor Marun e Welington Júnior, ambos da associação de Árbitros de Juiz de Fora, São João jogou e venceu com Mário Júnior no gol; Michel Gielo, Diego”papito”, Noel e Léo Almeida; Romário, Odair, Luís Paulo(Juninho) e Hiago; Michel”bagulho” e Michael”robô”(Marquinhos”farofa”). Técnico: Marco Aurélio Ayupe. Auxiliar: José Luiz Gomes de Pinho.

Matias Barbosa veio a campo com Jonas; Béia, Rafael, Tica e Raniel(Evandro); Pedro Paulo(Fábio), Arílson, Alex(Loran)(ÍtaloDias) e Danilo(Paulo Henrique); Vinícius e Joãozinho. Técnico: Argemiro.
ASSISTA AO VÍDEO E CURTA O ÚNICO GOL DA PARTIDA.

                                      


Matias Barbosa 

 Azor Marun, Leonardo de Castro e Welington Júnior

São João Nepomuceno

Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser!

quinta-feira, 30 de abril de 2015

JULINHO LOUZADA, " O CLÁSSICO DOS CLÁSSICOS "

Júlio Anselmo Louzada, nascido em 1º de maio de 1957, é Mangueira de coração e foi um dos mais talentosos zagueiros do futebol de São João Nepomuceno.

Empresário de sucesso no ramo de panificação, que, ao lado de sua mãe, dona Jaíra Verardo Louzada e dos irmãos, Evandro Luiz, Heleno”Dola”, Antônio Marcos, Paulo Roberto e Léo Márcio Louzada deram continuidade ao projeto do saudoso Manoel Louzada que, há mais de 60 anos, fundou a Panificação Irmãos Louzada e posteriormente a Família ampliou com a criação da Padaria Louzada.

Abaixo, nos dois vídeos, você terá a oportunidade de conhecer um pouco desta história vitoriosa.







+Aloísio, Julinho, +Mauri"bililiu", Nazareth, Tirica, +Ademir"da lalá" e +Netinho Soares
+Zezé"oncinha", Dem, Totonho"maraca", Nestor e Dola.

Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser!

segunda-feira, 27 de abril de 2015

“ COM SORRISO EM CAMPO, NÃO TEM PLACAR EM BRANCO.”

Carlos, Sá Onça, Edmar, João Batista e Emílio. 
Sandro, Fabiano, Simar, Véi, Ayupe e Sorriso.

Na primeira semifinal de 3ª Copa José Jorge Ayupe Tamioso, o Rochedo de Minas recebeu a boa equipe do Centenário e não resistiu ao futebol apresentado pelo Tricolor do bairro Centenário.
O jogo
Com boa posse de bola, o Centenário dominou totalmente seu adversário em toda primeira etapa de jogo. No meio campo do Centenário, Ayupe, Edmar e Fabiano”porquinho” tiveram excelente movimentação proporcionando diversas situações de perigo ao gol do Rochedo. Por várias vezes deixaram Sorriso e Emílio em condições de marcar. Como o artilheiro não perdoa, em mais uma escapada pela esquerda, Sorriso entrou na área e tocou na saída do ótimo goleiro Pedro Paulo. Na foto, abaixo, você vê a bola entrando no canto esquerdo do goleiro e Sorriso comemorando com os companheiros. Final da primeira etapa, Rochedo 0x1 Centenário. 
CLIC NA FOTO PARA AMPLIAR


O Rochedo voltou melhor no segundo tempo pressionando a equipe do Centenário e poderia até ter empatado não fossem as ótimas defesas do excelente goleiro Carlos. Como diz o ditado: “quem não faz leva“, aos 23 minutos, após Fabinho levantar bola na área do Rochedo, novamente Sorriso, agora subindo sozinho dentro da pequena área, de cabeça, ampliou para 2x0 sem chance para o goleiro Pedro Paulo.
Na foto, abaixo, Sorriso dando números finais a partida.
CLIC NA FOTO PARA AMPLIAR

O segundo gol do centenário não tirou a empolgação do Rochedo que lutou até o último minuto de jogo. Final, Rochedo 0x2 Centenário.
Ficha técnica
Com ótima atuação de Hélvio Carlos Sipião, e bem auxiliado por Felipe Simões e Aderli Ferreira, trio de Cataguases, o Rochedo jogou com Pedro Paulo no gol; Wilson(João Paulo), Cristiano(Giovane), Washington e Zé Maria; Luciano, Ricardo, Kiko e Daniel; Edson Ratinho e Denilso. Técnico: Amado.
O Tricolor do Bairro Centenário em São João Nepomuceno venceu com Carlos; Simar(Ituí), Sá Onça, João Batista(Ia) e Véi; Sandro, Edmar, Ayupe(Paulinho) e Fabiano; Sorriso e Emílio(Eduardo Elétrica Triunfo). Técnico: Dé.
O jogo de volta será neste domingo(03/05), às 10 horas, no campo do Mangueira em São João Nepomuceno. O empate garante o Centenário na grande final. Em caso de vitória do Rochedo a vaga será decidida nos pênaltis.
Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser!
Mais registros:
 Felipe Simões, Hélvio Carlos Sipião e Aderli Ferreira

 Equipe do Esporte Clube Rochedo de Minas

 Hélvio teve excelente atuação e manteve a disciplina.

 O ótimo goleiro Carlos em mais uma grande defesa.

Artilheiro Sorriso.

terça-feira, 21 de abril de 2015

Botafogo Futebol Clube – 78 anos de Glórias!

De pé: Parente, Gilcélio, Tião e Carlos.
Agachados: Cardoso, Juninho, Herênio, Michilim e J.Heleno

O Glorioso de São João Nepomuceno-MG, fundado em 21 de abril de 1937, completou 78 anos. Como parte de suas comemorações organizou torneio de futebol de campo, bocha e tênis.
No vídeo abaixo, você terá a oportunidade de acompanhar a decisão por pênaltis do torneio de futebol máster.
Confira

                         
Parabéns ao Glorioso Botafogo de São João Nepomuceno.


De pé: Carlos José, Augusto, Dem e Gilcimar.
Agachados: Luciano, Du, Savinho e Arruda.
Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser!