segunda-feira, 18 de agosto de 2014

CLÁUDIO ROBERTO PULIER BASTOS, O NICOLA !!!

Asa Branca 1977 Campeão Regional - De pé:  Nicola, Elísio, Paulo Afonso, Tizil, Doval(JF) e Welington Itaborahy. 
Agachados: Zé Santana(JF), Duda, Miltinho(JF), +Jorge Bengó e +Bolotinha.

Continuando com o "resgate da memória esportiva", entrevistamos Cláudio Roberto Pulier Bastos, o Nicola. Apelido recebido em homenagem ao seu avô,  Nicola entrou para história do Mangueira ao conquistar o primeiro título do Clube na modalidade futebol de campo.
Nicola é um dos poucos atletas de São João Nepomuceno a conquistar títulos em anos consecutivos em campeonatos realizados em nossa cidade.Mangueira 1975, Botafogo 1976 e Asa Branca em 1977.
Assista.



A foto do Asa Branca ilustra a abertura deste blog. Abaixo a foto do elenco do Botafogo 1975
De pé: +José Maria Antunes, Nicola, +Bajara, Zoi, Eduardo Bezerra, Heleno Pereira, Tizil, Julinho Louzada, Tirica, Maurício Bruneu, Zim Caeira, +Bolotinha, Nazareth e José de Arimatéia.
Agachados: Leda Soares(irmã do Totonho Maraca), +Chiquinho, Zé Maria Foguete, Caio Ranna, Betinho, Jorge Quintino, Maurílio Batuta, Marcinho Bacalhau, Claudinho Manzo, Aécio, Dola e +Altamiro.
CLIQUE NA FOTO PARA AMPLIAR.

Na foto a seguir o time do Mangueira 1976.
De pé: Braz Canguru, Buzina(massagista), Nicola, Elísio, Betinho, Goi, Zezinho Leão e Juarez Cardoso(Técnico).
Agachados: +Jorge Bengó, Anginho, Jorge Quintino, Paulo Afonso e seu filho Paulinho(mascote), Dalmon, Tista e +Bolotinha.
CLIQUE NA FOTO PARA AMPLIAR
Obrigado Nicola pela recepção calorosa. 
Hoje, o Nicola tem muita dificuldade de locomoção. Você que gosta do Nicola, tire um tempo e vá visitá-lo. Principalmente, você que sempre fez parte do ciclo de amizades dele. O Nicola mora na Rua Frederico Ozanan ,328 no Beneti.

Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser!

sábado, 16 de agosto de 2014

COPA ALTEROSA – MATIAS BARBOSA VENCE FORA DE CASA.

Matias Barbosa
Pela 3ª rodada da Copa Alterosa de Futebol Regional - categoria sub 20, no Estádio Carlos Otaviano Dias, em Guarani-MG, Tibério e Matias Barbosa fizeram um bom jogo de futebol com muitos gols.
No vídeo, abaixo, você observará que a primeira etapa deixou a desejar. Poucas foram as  chances de gol para ambas as equipes. Os goleiros trabalharam pouco e o primeiro tempo terminou com o placar de 1x0 para o Tibério, gol de Israel. O atacante do Tibério arrancou pelo meio da área e chutou sem chance para João Vítor.
Na segunda etapa o jogo melhorou. Logo aos 3 minutos, após cobrança de escanteio, Élton empatou para Matias Barbosa.
Com marcação forte e saindo rápido para o ataque, Matias chegou ao gol da virada. Aos 12 o lateral Anderson cobra falta da direita e Carioca resvala de cabeça. Era o gol da virada.
A esta altura o técnico do Tibério, José Carlos”Peiteira”,  já havia feito 3 alterações para mudar o panorama da partida. Mas o meia Henrique acertou um bom chute de fora da área que o goleiro Tafarel não conseguiu defender. Matias 3x1.
O Tibério não se entregou. Aos 29 minutos, Claudinei diminuiu para os donos da casa. E ficou nisso. Tibério 2x3 Matias Barbosa.

Assista.
video
Com arbitragem de Robert Silva Machado, auxiliado por Onofre Megres e Priscila Cardoso, o Tibério jogou com Tarafel no gol; Bruno(Ezequiel), Guilherme, Cassiano e Alexsandro; Josimar(Jonathan), Luciano(Anderson), Matheus e Daniel(Ernani); Israel e Claudinei. Técnico: José Carlos Peiteira.
O técnico Reinaldo mandou a campo João Vítor; Nicolau, Douglas(expulso), Carioca e Anderson; Bizarra, Luiz Fernando(Alexandre), Tibério(João Paulo) e Elton(Gleison);  Henrique(Carlos) e Túlio.
Mais resultados dos jogos de hoje:
Em Tiradentes; 
Aimorés FC 2 x 1 Uberabinha
Em Laranjal;
XV de Novembro 2 x 3 Ribeiro Junqueira
Em Santana do Deserto; 
Santana do Deserto 1 x 0 Edicar FC
Complemento da rodada amanhã:
Em Cataguases as 10:00 hrs:
Sel Cataguases x Independente FC
Em Rio Novo as 15:00 hrs:
15 de Novembro x Leopoldina AC
Mais registros.
 Tibério

 Priscila Cardoso, Robert Silva Machado e Onofre Megres.

 Israel marcou o 1º do Tibério.

 Reinaldo: mudou o jogo no intervalo.

 Elton empatou para Matias Barbosa.

 Carioca fez o gol da virada.

 Henrique ampliou para 3x1.

 Claudinei diminuiu para o Tibério.

 A torcida compareceu.

Peiteira: Técnico do Tibério e meu amigo de longa data.

Marcos Vinícius, natural de Guarani, é goleiro do Cruzeiro de Belo Horizonte na categoria sub 14(pré infantil) Em setembro disputará o Campeonato Dadazinha Nacional.

Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser!

domingo, 10 de agosto de 2014

COPA ALTEROSA SUB 20 – LEOPOLDINA DE BICAS e EDICAR DE JF EMPATARAM EM 2X2

Equipe do Edicar de Juiz de Fora

Leopoldina e Edicar fizeram uma ótima partida de futebol. Não seria surpresa se o jogo terminasse 4 a 4 ou com vitória de um ou de outro time. Pois, as equipes produziram grandes jogadas o que poderia, tranquilamente, ter ampliado o placar.
Nitidamente pode-se observar que tanto o Leopoldina quanto o Edicar são equipes muito bem treinadas pelos respectivos treinadores, Da Mata e Gilberto.
Jogadas conscientes de ultrapassagens, posicionamento, toque de bola e esquemas bem definidos.
Como poderemos observar no vídeo abaixo, o Leopoldina abriu o marcador aos 26 minutos da primeira etapa através de Jean Neves. Depois de bela arrancada do atacante de Bicas que tocou no canto direito do goleiro Leoni fazendo 1x0.
A resposta do Edicar foi instantânea. Aurélio penetrou driblando pela direita e de dentro da área finalizou para defesa parcial de Maicon. O ótimo atacante Jefferson aproveitou o rebote para empatar a partida.
Veio a segunda etapa e o jogo continuou eletrizante. Logo aos 3 minutos, Alvinho recebeu excelente lançamento do meia Bernard e, por cobertura, fez 2x1 Leopoldina. Belo gol.
O Edicar não se abateu e foi em busca do empate. Aos 16 minutos Azur Marum viu um toque de mão, dentro da área, do ala Genilson. Pênalti contra o Leopoldina. O talentoso Jefferson cobrou. Bola para um canto e goleiro para o outro. Era o empate do Edicar.
Ainda tivemos mais chances reais de gol. Mas ficou nisso. Leopoldina 2x2 Edicar.
Assista.
video
Com arbitragem de Azur Marum, auxiliado por Paulo Cérgio e Welington Júnior o Leopoldina de Bicas jogou com Maicon no gol; Genílson(Felipe), Ribeiro, Welington e Juan; Denner(Igor), Jean, Víctor e Bernard; Alvinho e Jean Neves. Técnico: Da Mata.
O Edicar da cidade de Juiz de Fora empatou com Leoni; Douglas Brás, Lucas, Hudson e Matheus; Iago, Fabrício, Aurélio e Diego Henrique(Luian); Sávio e Jefferson. Técnico: Gilberto.
Destaque para Ribeiro, Denner, Bernanrd, Alvinho e Jean Neves do Leopoldina. E Leoni, Matheus, Iago, Aurélio e Jefferson do Edicar.
Mais registros.
 Paulo Cérgio, Azur Marum e Welington Júnior

 Equipe do Leopoldina de Bicas

Corrente de Oração do time de Juiz de Fora

 Início de jogo

 Jean Neves. Se movimentou muito e deixou o seu.

 O talentoso Jefferson recebendo atendimento.

 Mesmo muito marcado, Jefferson marcou dois gols.

 Alvinho e Bernard, dois destaques do Leopoldina.

 Gilberto técnico do Edicar.

Da Mata comandante do Leopoldina de Bicas.
Na próxima atualização do blog, destaque para a classificação da Copa Alterosa de Futebol Regional Sub 20.

Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser.

sábado, 2 de agosto de 2014

SANTANENSE ESTREIA FORA DE CASA COM VITÓRIA.

SANTANENSE de SANTANA do DESERTO
Teve início neste sábado(02) a Copa Alterosa de Futebol Regional Sub 20. As equipes estão distribuídas em três chaves.
Na chave A estão: Aimorés FC (Tiradentes), AD Matias Barbosa (Matias Barbosa), AE Uberabinha (Juiz de Fora) e Tibério FC (Guarani).
Chave B: 15 de Novembro FC (Rio Novo), Leopoldina AC (Bicas), Santanense FC (Santana do Deserto) e Edicar FC (Juiz de Fora).
Chave C: EC Ribeiro Junqueira (Leopoldina), XV de Novembro FC (Laranjal),  Seleção de Cataguases (Cataguases) e Independente FC (Argirita).
Fomos a cidade de Bicas onde o Leopoldina recebeu a promissora equipe do Santanense de Santana do Deserto. O anfitrião começou melhor na partida. Com mais posse de bola, e consequentemente com mais volume de jogo, o Leopoldina levava mais perigo a defensiva do Santanense. A equipe de Santana do Deserto, sob o comando do competente Pedro Paulo, se propôs a jogar bem fechada e utilizando os contra ataques. Prova disso, o técnico promoveu a entrada do rápido e habilidoso Muller no lugar de Caio Lima, logo aos 22 minutos. A primeira etapa terminou com poucas chances de gol para ambas as equipes.
O segundo tempo começou com mais mudanças no time visitante. Pedro Paulo sacou o ótimo Laércio(saiu por cansaço) e mudou a forma de jogar com a entrada de Cássio. Rafael Carvalho também entrou em substituição ao contundido Rafael Martinez. As mudanças surtiram efeito e, logo aos 8 minutos, Muller escapou em velocidade pela direita e, na saída do goleiro Maicon, tocou no canto direito fazendo Santanense 1x0.
Era tudo o que o Leopoldina não queria. Jogando em casa o time teve que aumentar o ritmo. A pressão foi tanta que aos 32 minutos o zagueiro Ribeiro empatou a partida, após cruzamento da direita.
Quando parecida que o Leopoldina conseguiria a virada, Dener cobrou falta da direita e o goleiro Maicon foi infeliz na jogada. Ele não conseguiu segurar o cruzamento e a bola foi contra seu próprio gol. Ribeiro ainda tentou tirar em cima da linha mas não conseguiu. Final, Leopoldina 1x2 Santanense.
Com arbitragem de Vanderlei Pires Júnior, auxiliado por Valdeni Batista Leite e Paulo Rezende, o Leopoldina jogou com Maicon no gol; Abraão, Gustavo, Ribeiro e Lucas; Jefferson, Jean, Victor(Ícaro) e Bernard; Juan e Jean. Técnico: Da Matta.
Santanense do técnico Pedro Paulo F.Silva jogou e venceu com Juan; Kennet, Romário Miguel, Dener e Rafael Lima; Rafael Martinez(Rafael Carvalho), Júlio, Mateus Germano e Laércio(Cássio); Caio Lima(Muller) e Romário Santos(Caio).
Destaques: no Leopoldina gostei da dupla de zagueiros Gustavo e Ribeiro, os volantes Jefferson e Jean os meias Victor e Bernard, além do atacante Jean. No Santanense destaque para o zagueiraço Romário Miguel, que está de malas prontas para Alemanha, Denner, Mateus Germano, Romário Santos e Muller.
Foram expulsos: Abraão e Gustavo pelo Leopoldina e Mateus Germano e Caio pelo Santanense.

Assista o vídeo com os gols da partida e as entrevistas do atacante Muller e do técnico Pedro Paulo.
video

Mais registros:
 LEOPOLDINA DE BICAS

 PAULO REZENDE, VANDERLEI PIRES JÚNIOR e VALDENI BATISTA LEITE

 RIBEIRO DO LEOPOLDINA

MULLER DO SANTANENSE
Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser!

domingo, 27 de julho de 2014

Operário Futebol Clube – Uma conquista histórica - Campeão da Zona da Mata Mineira -1978.

Netinho Soares(técnico), Arnô e Parreira(Diretores), +Frankilin, Tizil(não jogou a competição), Paulo Afonso, Bruneu, Aílton, Deco, Anginho, Botti, Elízio(não jogo a competição), +Ademir e Welington.
Agachados: Samarone, +Bolotinha, +Bengó, +Gigio, Zim Caeira, Zé Carlos, Carlinhos, César e +Gasolina(massagista). O mascote é o Weber Martins, Webinho do Carlos Mauro.

Inédito, histórico, espetacular, emocionante... Realmente, como “dublê de repórter esportivo”, foi uma superação. Talvez, minha melhor matéria desde o início deste trabalho de “resgate da memória esportiva”. Fui atrás dos heróis daquela conquista de 1978, e encontrei a maioria dos atletas: José Carlos Santiago(Zé Carlos orelhinha), Cláudio Agripino(Deco), Edson Gonçalves Mendes(Samarone), Ângelo Rigolon(Anginho), Paulo Afonso Pimentel, Aílton Barbosa de Magalhães, José Roberto Botti Filho(Botti), Maurício Bernardo(Maurício Bruneu), Welington Itaborahy, Carlos Agripino(Carlinhos Mário Kemps), Zim Caeira e César. Não encontrei com o Weber, autor de um dos gols da grande decisão e, também, Élzio Manzoni, o Lema. Já falecidos: o goleiro  Frankilin, Ademir “da lalá”, “Bolotinha”, Zezé”oncinha”, Jorge”bengó”, Sebastião”gigio”, o técnico Dulcído Soares(Netinho Soares) e o massagista “gasolina”.
Trinta e seis anos se passaram desde a fantástica conquista. Este título de  Campeão da Zona da Mata-1978, é a mais importante façanha da história do Verdão do bairro São José. Até os dias atuais, a nível regional, nenhuma outra equipe de São João Nepomuceno conseguiu tal feito.
Foi uma competição do mais alto nível, organizada pela Liga de Futebol de São João Nepomuceno em parceria com a Liga de Além Paraíba. Cada Liga comandou uma chave com 8 equipes dos mais tradicionais Clubes da Zona da Mata Mineira. Entre eles, além do Operário, participaram o Ribeiro Junqueira de Leopoldina, União de Cataguases, Ideal de Recreio, Independente de Além Paraíba, ABCR de Juiz de Fora, Leopoldina de Bicas, entre outras. Para a fase final da competição classificaram-se quatro equipes, sendo duas de cada chave. Ribeiro Junqueira e Independente da Chave A e Operário e Leopoldina da B. Nas semifinais, Operário x Ribeiro Junqueira  e Independente x Leopoldina.
Nosso Operário fez o primeiro jogo em Leopoldina e perdeu pelo placar de 1x0. O destaque da partida foi o craque Lema que, mesmo com o supercílio cortado e sangrando muito, jogou até o final da partida. No jogo de volta brilhou a estrela do atacante César. Na vitória do Operário por  4x2, César marcou os quatro gols. Destaque também para o goleiro Welington que defendeu duas cobranças de pênalti. A terceira partida foi em campo neutro, Além Paraíba. Com excelente atuação de toda equipe, em especial do goleiro Welington, o Operário venceu por 1x0 com gol de Samarone.
Na grande decisão o Operário enfrentou o Leopoldina de Bicas que eliminou o Independente de Além Paraíba. Foram três partidas, sendo a primeira acontecendo em São João com vitória do Operário por 2x1. A segunda em Bicas terminou empatada em 2x2. E, finalmente, o jogo decisivo em São João com o Verdão vencendo por 2x0. Gols de Anginho e Weber.  
Neste vídeo histórico, em relatos emocionados dos ex atletas, você terá a oportunidade de rever os campeões de 1978.  Vamos voltar no tempo com Welington, Botti, Zim Ceira, César, Samarone, Aítlon, Anginho, Paulo Afonso, Zé Carlos, Maurício, Deco e Carlinhos. Eu me emocionei. Acredito que você também irá se emocionar.

Assista.
                      

Clique no play e ouça Magela Soares Medina, o Geraldo Magela, narrando os dois gols do Operário. Anginho e Weber foram os autores dos gols da última partida decisiva contra o Leopoldina de Bicas. Comentários de Joanílson Furtado do Vale.

Ouça.
video
ONTEM  /  HOJE
 SAMARONE

 AÍLTON MAGALHÃES

 CARLINHOS

 ZÉ CARLOS

 ANGINHO

 ZINHO

 CÉSAR

 WELINGTON

 MAURÍCIO

 BOTTI

 DECO

PAULO AFONSO
Mais registros.
 ANGINHO

 ENTREGA DAS FAIXAS CONTRA AMÉRICA DO RIO

 BOTTI "DANDO UMA DURA" NO ÁRBITRO. 

 DECO

 DECO NA BOLA, BOLOTINHA AO FUNDO E BOTTI ATENTO.

 WELINGTON

 +ADEMIR, DECO, BOTTI, LEMA, BRUNEU E WELINGTON
ANGINHO, ZÉ CARLOS, WEBER, ZINHO E CÉSAR

 NÃO PODIA PERDER ESTA OPORTUNIDADE.

 O REENCONTRO. BOTTI E SAMARONE

 A ALEGRIA DE BOTTI E SAMARONE

 SAMARONE E PARTE DA MARAVILHOSA FAMÍLIA DO BOTTI. SR. JOSÉ ROBERTO BOTTI E HAROLDO BOTTI. PAI E E IRMÃO DO BOTTI.


CÉSAR
AGRADECIMENTOS: Obrigado a todos os ex jogadores do Operário que, gentilmente, abriram as portas de suas residências para que eu pudesse fazer este registro histórico e inédito. Obrigado ao Botti, alegria e simpatia em pessoa, que me recebeu juntamente com o Samarone. Abraço ao carinhoso José Roberto Botti, pai do Botti, e , também ao árbitro e meu amigo Haroldo Botti.

Você que me acompanha neste modesto blog o meu muito obrigado. Espero que tenha gostado.

Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser!!